6 de julho de 2010

"Meus filhos"

MEUS FILHOS

Estas são palavras do Grande Pai,
Ide, crescei e multiplicai.
Deixai vir a Mim as criancinhas,
Pois delas o Reino do Céus é garantido,
Assim, nos meu filhos, a vida tem melhor sentido.

Por eles, tudo eu faço e nada me consome.
Quando pai eu me tornei,
A tradução maior encontrei,
Mais gratificante, prazerosa e bela
Para definição da palavra homem.

Na educação, cabelos brancos eu ganhei,
Responsabilidades tripliquei,
Felicidade, confiança e carinho jamais encontrado
A esperança no amor renovado.

Não os dou e muito menos vendo,
Mas um dia entregarei à alguém,
E desta forma eu entendo,
Porque novo amor, encontrarão também.

Meus, eles não são eu sei,
Para o mundo, eu os criei,
Mas minha vida encheu de brilhos,
Por causa dos meus filhos.


Antônio de Pádua Elias de Sousa
28/06/03

Nenhum comentário:

Postar um comentário